Tipologia de habitações: Tudo o que precisa saber para construir ou comprar a sua moradia

Quando se fala em habitação, um dos temas principais é a tipologia. Seja um apartamento ou moradia, a tipologia é um dado importante a ter em conta quando se vai construir ou comprar uma habitação.

Mas o que é afinal a tipologia de uma habitação?

A tipologia é definida pela letra “T” sempre acompanhada de um número. O número é definido pela quantidade de quartos que a habitação tem. Como exemplo: uma moradia T3, é uma habitação com 3 quartos.

Muitas vezes se confunde a tipologia com as assoalhadas, há quem defina as habitações por assoalhadas, no entanto, o número de assoalhadas é diferente da tipologia, pois as assoalhadas contam também com a sala ou outros compartimentos excluindo a cozinha, casas de banho ou despensas. Como exemplo: uma moradia T3, é uma habitação com 3 quartos, mas contém 4 assoalhadas pois também dispõe de uma sala de estar.

Além da definição T0, T1 ou T2, por exemplo, surgem casos em que se definem habitações com tipologia T2+1. A designação “+1” aplica-se quando na habitação existe um escritório que pode, eventualmente, ser usado como futuro quarto, sendo geralmente de dimensões mais reduzidas.

As tipologias mais comuns no modo de habitar de Portugal

Uma tipologia T0, é uma habitação com zero quartos. Num caso generalizado, uma casa T0 é composta por uma casa de banho, uma cozinha (muitas vezes tipo kitchenette) e uma sala que pode, eventualmente, servir também de quarto (muitas vezes sendo utilizados sofás-cama). Esta tipologia também pode ser classificada como “estúdio”.

Uma tipologia T1, é uma habitação com 1 quarto e uma habitação T1+1 é composta por 1 quarto e um escritório, além da casa de banho, sala e cozinha.

Uma tipologia T2, é uma habitação composta por 2 quartos e uma habitação T2+1 é composta por 2 quartos e um escritório, além da casa de banho, sala e cozinha.

Uma tipologia T3, é uma habitação composta por 3 quartos e uma habitação T3+1 é composta por 3 quartos e um escritório, além da casa de banho, sala e cozinha.

Estas tipologias, de T0 a T3, são as mais comuns quando se fala em apartamentos. No caso das moradias, as tipologias geralmente contêm mais divisões e maior número de quartos, sendo mais comum as tipologias de T3, T4 e até T5 ou superior. Nas moradias, também designadas por “vivendas”, por vezes substitui-se a letra “T” pela letra “V” para se definir o número de quartos. Como exemplo: uma vivenda V4, é uma moradia composta por quatro quartos, além das restantes divisões como a sala, cozinha e casa de banho.

Vai comprar um imóvel?

No caso de uma compra de um imóvel, o número de quartos ou tipologia, tem bastante influência no preço e na avaliação da habitação. Além das questões de localização e valorização do imóvel pelas tendências do mercado imobiliário, uma tipologia superior, como um T5 ou T4,  tem, geralmente, um preço mais elevado, pois a área da casa também é maior, em comparação com uma habitação de tipologia inferior como um T1 ou T0, sendo a área um dos principais fatores de definição do valor do imóvel, sendo atribuído um preço por cada m2 de área útil.

Construção de casa do zero

No caso de uma nova construção, o número de quartos e tipologia é fundamental para controlar as questões orçamentais, sendo que a área da habitação poderá ser maior, estando associada ao número de quartos existentes.

Mas nem sempre uma habitação é mais cara por ter mais quartos. Uma moradia T3 poderá ter uma área maior (tendo divisões com mais espaço) do que um apartamento T4, tendo um valor de mercado superior. Noutros casos, como acontece nos centros urbanos, uma habitação de tipologia T2 ou T1, poderá ter mais procura, do que uma tipologia T4 ou T3, sendo assim o seu valor no mercado imobiliário mais elevado.

Este conteúdo é uma reprodução do Habitíssimo.“Tipologia de habitações: Tudo o que precisa saber para construir ou comprar a sua moradia”. Pode visualizar o artigo na sua integra através do seguinte link: https://projetos.habitissimo.pt/projeto/tipologia-de-habitacoes-tudo-o-que-precisa-saber-para-construir-ou-comprar-a-sua-moradia


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code