Relva natural vs. artificial: vantagens e desvantagens de cada uma.

Todos nós gostamos de ter um jardim bem cuidado, onde podemos passar bons momentos a relaxar e a desfrutar da natureza. Se procura criar um relvado no seu jardim, mas não sabe qual a melhor opção para a sua casa, deixamos-lhe aqui algumas vantagens e desvantagens das opções de relva natural e das opções de relva sintética.

A opção mais em conta para se ter um relvado ainda é a de semear a relva e esperar que ela cresça, o que geralmente demora no mínimo seis semanas.

Vantagens: 

• Tem um menor custo quando comparado às outras opções; 

• Poderá criar uma mistura de relva mais adequada ao local onde vai semear; 

• A relva natural vai ajudar a arrefecer o seu jardim durante o verão.

Desvantagens: 

• Pode ser necessário voltar a semear certas áreas do seu relvado até ter tudo totalmente coberto; 

• Demora bastante tempo até estar pronta a ser usada; 

• Precisa de rega frequente, especialmente enquanto a relva não nasce; 

• Precisa de manutenção frequente para se manter em excelentes condições; 

• Não elimina as ervas daninhas no jardim; 

• O terreno precisa de ser preparado para maiores hipóteses de sucesso; 

• Pode secar ou perder o viço consoante a estação e o cuidado.

Relva natural em tapete

A relva em tapete nada mais é que relva natural que já se encontra desenvolvida o suficiente para ser implantada num jardim, diminuindo o tempo até ter um relvado bonito.

Vantagens: 

• A sua aplicação é rápida, pelo que em cerca de um dia terá um relvado no jardim; 

• A instalação dos tapetes permite um resultado uniforme; 

• Após a instalação, a relva tem um crescimento e implantação rápida; 

• Elimina grande parte dos infestantes no jardim; 

• Tem uma maior taxa de sucesso, quando comparado à sementeira.

Desvantagens: 

• Necessita de manutenção e rega frequentes; 

• Terá menos variedade de misturas de sementes para se adaptar ao clima em que vive; 

• Tem um custo mais elevado que o método de sementeira; 

• Requer preparação do terreno, para garantir que a relva fica uniforme; 

• Pode secar ou perder a aparência viçosa ao longo do ano.

Relva artificial

Atualmente, cada vez mais pessoas estão a optar por colocar relva artificial nos seus jardins, uma vez que existem já modelos bastante realistas no mercado.

Vantagens: 

• Não tem gastos em manutenção, pelo que poupará água e não precisará de ferramentas como o corta-relva; 

• É mais económica a longo prazo que um tapete de relva natural; 

• É muito resistente ao clima, seja ele frio ou quente; 

• É muito fácil de instalar; tem uma elevada durabilidade; 

• Mantém-se sempre com boa aparência, não importa qual é a estação.

Desvantagens: 

• A relva artificial aquece ligeiramente o ambiente em que se encontra, ao contrário das relvas naturais; 

• Se não for bem instalada, fica com uma aparência pouco atrativa; 

• Requer um terreno bem preparado, livre de pedras e afins; 

• É a de mais cara aplicação dos três tipos, representando um investimento inicial maior.

Qual escolher?

A escolha irá depender dos seus gostos e do tipo de projeto que tem em mente. Geralmente, a relva natural é usada em jardins maiores, sendo que a artificial apenas é usada em apontamentos. Mas a verdade é que essa tendência tem estado a mudar. Em caso de dúvida, o melhor é sempre consultar um profissional qualificado, que saberá explicar-lhe quais são as suas opções e o que é que se adequa melhor à área que tem a cobrir e ao clima em que se encontra, para melhores hipóteses de ter sucesso e conseguir um relvado de sonho no seu jardim.

Este conteúdo é uma reprodução do Habitissimo. “Relva natural vs. artificial: vantagens e desvantagens de cada uma.” Pode visualizar o artigo na sua integra através do seguinte link: https://projetos.habitissimo.pt/projeto/relva-natural-vs-artificial-vantagens-e-desvantagens-de-cada-uma


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code