Dicas de ouro para fazer um “detox” à casa

Conselhos práticos e muito úteis para te livrares das toxinas, prejudiciais não só para o ambiente da casa, como também para o bem-estar físico e emocional de quem a habita.

A contagem decrescente para o final do ano (e da década) já começou. E talvez esta seja uma boa altura para praticar o “mindfulness” em casa e deixar tudo o que não interessa fora de portas. No artigo de hoje, e para que possas deixar o teu espaço livre de impurezas, deixamos-te alguns conselhos práticos e muito úteis para te livrares das toxinas, prejudiciais não só para o ambiente da casa, como também para o bem-estar físico e emocional de quem a habita.

Apresentamos-te 6 conselhos listados pela Revista AD e que podem ajudar-te nesta tarefa, numa espécie de resolução de ano novo adiantada. 

Uma guerra ao pó

O pó, pequenas partículas compostas de ácaros, pólen, células mortas da pele, mofo, cabelos, pesticidas, purificadores de ar … Seja alérgico ou não, é conveniente que a tua casa esteja o mais livre possível delas. Para consegui-lo, aposta em plantas de interior, aposta em pavimentos de madeira, descalça-te assim que entres em casa, lava a roupa da cama pelo menos uma vez por semana, utilizada desumidificadores e limpa o pó com um pano húmido com frequência.

Troca os utensílios de cozinha

Substitui as caçarolas e panelas de alumínio por ferro fundido, cerâmica ou aço inoxidável sem níquel. Diz não às panelas de cobre e compra recipientes próprios para forno e jarras de vidro. Utiliza sempre tábuas de madeira e nunca ao plástico. A saúde agradecerá.

Proibir o plástico

Não apenas pela saúde, mas também pelo planeta. E as dicas são simples: faz compras com sacos de pano, compra legumes e frutas a granel, diz não aos talheres, copos e pratos de plástico. Livra-te de sacos de plástico com fecho e da película aderente para embalar os alimentos.

Reciclar é melhor que deitar fora

Uma casa com baixa toxicidade significa um mundo com baixa toxicidade. Para consegui-lo deves pensar muito bem naquilo que precisas de comprar, mas também naquilo que colocas no lixo. Deita fora apenas aquilo que não puder ser reutilizado, vendido, doado ou reabilitado.

Quartos “low tox”

Este é o espaço mais importante da casa. Dicas: compra uma cama de madeira, escolhe colchões de latex ou lã, menos tóxicos, e utiliza roupas de cama de fibras naturais. O algodão orgânico é o melhor, o teu sono vai agradecer.

Sem velas ou purificadores de ar

Sabemos que eles são estéticos, agradáveis ​​e capazes de criar intimidade, mas tanto os purificadores de ar artificiais quanto muitas das velas (nem todas) são uma fonte de toxinas domésticas. A maioria das ceras é feita com parafinas extraídas do petróleo e muitas, especialmente as baratas, podem conter chumbo.

Este conteúdo é uma reprodução do Idealista News.“Dicas de ouro para fazer um “detox” à casa”. Pode visualizar o artigo na sua integra através do seguinte link: https://www.idealista.pt/news/decoracao/conselhos/2019/12/10/41770-dicas-de-ouro-para-fazer-um-detox-a-casa


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code