Como saber se a sua casa precisa de uma pintura?

De um modo geral, costuma ser recomendado que renove a pintura da sua casa a cada 3 ou 4 anos. No entanto, existem certos fatores, como o clima, os hábitos da família e o uso dado às paredes que podem deteriorar ainda mais a pintura da sua casa. Por isso, deixamos-lhe aqui algumas dicas para saber se já é necessário renovar a pintura da sua casa ou se esse processo pode ser adiado.

Preste atenção aos seus hábitos

Os integrantes da casa e os seus hábitos são determinantes para que a pintura dure mais ou menos tempo. Por exemplo, se há fumadores em casa, existe a possibilidade de a tinta se estragar mais facilmente. O fumo do tabaco faz com que as paredes se sujem mais rapidamente, já que a nicotina gera manchas nas paredes e nos tetos.

Por outro lado, se tem crianças pequenas ou animais de estimação, é normal que se criem mais manchas e sujidade, até porque algumas crianças gostam de pintar as paredes. Nestes casos, aposte numa tinta lavável, que serve para atenuar muitos destes problemas. Se, no entanto, as manchas forem muito grandes, o melhor mesmo é pintar.

Pó e arranhões na parede

O pó adere com facilidade às paredes e tetos. É claro que estes podem (e devem) ser lavados, mas se vivermos num local em que a poeira esteja muito presente, é natural que a tinta se vá desgastando aos poucos e perca a sua cor original. Para além disso, ao mover móveis podemos fazer arranhões na parede, que são difíceis de lidar. Por último, nas zonas onde existem móveis, poderemos também notar que, ao retirar o mobiliário, a tinta apresenta uma tonalidade diferente. Por isso, nestes três casos, uma boa solução será uma renovação da pintura.

Considere os fatores ambientais

O sol pode afetar o interior da nossa casa. Apesar de todos nós gostarmos de casas luminosas, nos locais onde o sol incide mais é provável que a tinta se desgaste mais rapidamente. De novo, para ver este efeito apenas temos de retirar móveis para ver as diferenças de tonalidade e os danos causados pelo sol.

A humidade também pode ser um problema a ter em conta. É importante que se estude o porquê de essa humidade aparecer para resolver a causa, que pode ser desde infiltrações externas de água ou um cano a verter. Assim, a presença de um profissional para averiguar o problema é muito recomendada. Depois de resolvido o problema, poderá então pintar a divisão. Lembre-se que, nos locais com mais humidade, como a cozinha ou casa de banho, o ideal é apostar em tintas próprias e mais resistentes!

Avalie o exterior da casa

Ainda que o interior da residência seja mais importante, também é necessário dar uma nova pintura no exterior da casa de vez em quando. Se, no entanto, reparar que houve uma mudança de cor no exterior da casa, ou se nessas paredes podemos notar a libertação de pó branco, pode ter a certeza de que algo está errado.

Existem muitas razões para isto acontecer. Pode ser que a tinta utilizada na fachada não seja tinta apta ao exterior, que deve ser mais resistente ao clima e suas mudanças. Se pintou há pouco tempo e já nota estes problemas, pode dever-se a uma tinta de baixa qualidade ou a uma tinta que já estava aberta e cujo prazo de validade já tenha expirado.

Por que razão preciso de pintar a casa ao fim de um tempo?

Seja a cada 3 ou 4 anos ou na altura em que mais achar oportuna, a pintura da casa é sempre uma boa ideia. Para começar, consegue melhorar o aspeto estético do seu lar. Também é uma forma de mudar a decoração e o estilo da casa sem ter de gastar muito, trazendo novas cores para o interior da residência. Para além disso, existem diversos tipos de tinta no mercado adequados às diferentes necessidades da família, como tintas laváveis ou tintas antibacterianas para quem tem crianças pequenas ou animais de estimação.

Este conteúdo é uma reprodução do Idealista. “Como saber se a sua casa precisa de uma pintura?” Pode visualizar o artigo na sua integra através do seguinte link: https://projetos.habitissimo.pt/projeto/como-saber-se-a-sua-casa-precisa-de-uma-pintura


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code