Como preparar um pedido de empréstimo para comprar casa

Antes de dar este passo de solicitar um crédito à habitação, é preciso fazer contas à vida e não só. Explicamos tudo neste artigo.

O ano de 2020 veio baralhar o mundo, trazendo uma nova crise inesperada devido à pandemia da Covid-19. No entanto, apesar deste contexto, a vida continua e muitos continuam determinados a levar a cabo os seus projetos, como por exemplo a compra de uma casa, precisando para isso de um crédito à habitação. Para evitar que este processo seja uma dor de cabeça no momento e problemas no futuro, explicamos como preparar um pedido de empréstimo para comprar casa

Se vai recorrer ao crédito para comprar a casa dos teus sonhos, começa por refletir e avaliar se tem capacidade para o pagar. A compra de casa própria é talvez uma das decisões financeiras mais importantes e, porventura, o investimento de maior impacto nas finanças pessoais e na vida do consumidor. Se pretende dar esse passo, deve efetivamente estar devidamente informada, para ponderar e decidir de forma responsável.

Ninguém pretenderá assumir riscos desnecessários nem hipotecar o futuro, pelo que será importante pesar os prós e contras para prevenir eventuais consequências de difícil solução a médio/longo prazo.

Mas o banco ou a instituição financeira que vais contactar para te conceder o crédito à habitação tem também o dever de avaliar se terá capacidade financeira para cumprir o compromisso que decorrerá do contrato de crédito. Estamos a falar da “análise (ou avaliação) da solvabilidade do devedor”.

Esta avaliação deve ser feita antes da concessão de crédito e ser devidamente fundamentada, baseando-se num conjunto de fatores e informação que poderá ser solicitado ao consumidor.

Fatores como idade, situação financeira, rendimentos ou despesas regulares do consumidor, serão relevantes nessa análise.

O banco avaliará ainda as responsabilidades de crédito e o seu peso no teu rendimento, nomeadamente através da consulta de bases de dados como o Mapa de Responsabilidades de Crédito da Central de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal desde que salvaguardadas as questões que têm a ver com a proteção de dados pessoais.

Não será fator decisivo a diferença entre o valor do imóvel e o montante do crédito solicitado.

Deverá também ser avaliado um eventual futuro cenário pessimista, com possível impacto negativo na tua capacidade de cumprimento, por exemplo se acontecer uma eventual quebra de rendimento, um aumento de despesas ou da taxa de juro, se o crédito for de taxa variável ou mista. Informa-te connosco.

Este conteúdo é uma reprodução do Idealista News.“Como preparar um pedido de empréstimo para comprar casa”. Pode visualizar o artigo na sua integra através do seguinte link: https://www.idealista.pt/news/financas/credito-a-habitacao/2020/12/14/45589-como-preparar-um-pedido-de-emprestimo-para-comprar-casa


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code