10 maus hábitos em casa que afetam o bem-estar mental e físico

Com a pandemia e o confinamento, vamos ganhar novos ritmos e aprender a viver de outra forma. Devemos, desde já, combater os maus vícios.

Talvez nunca tenhamos passado tanto tempo em casa como agora. Ainda estamos a tentar adaptar-nos aos novos hábitos e rotinas, nestes dias que são, sobretudo, de grande mudança. Vamos ganhar novos ritmos, aprender a viver de outra forma, numa altura em que o distanciamento social nos deixa longe da família e amigos. E depois “disto tudo” poderemos ficar presos a alguns maus hábitos. Deixamos-te 10 (mas há mais) aos quais não deve acostumar-te.

Passar tanto tempo no sofá

Agora é inevitável, mesmo depois das sessões de ginástica online que possa fazer. Ainda assim, fica a dica para que não te apegue muito ao sofá – para que depois a separação custe menos.

Comer na sala de estar

Almoçar ou jantar na cozinha ou sala de jantar pode tornar-se repetitivo, verdade. E, portanto, e para dar um pouco de emoção ao dia a dia, podemos uma a outra vez comer na sala de estar, no sofá – como as crianças. Mas lembra-te que é uma situação excecional.

Desejos

A única coisa pela qual devemos sair de casa é ir à farmácia ou supermercado. E não todos os dias, apenas e só ao mínimo indispensável. Quer isto dizer que o melhor é não nos deixarmos contaminar pela fúria dos desejos, e evitar colocar na lista de compras coisas “duvidosas” para o bem-estar físico. O ideal será manter uma alimentação saudável.

Trabalhar de pijama

É muito comum deixar a parte de baixo do pijama e vestir-se diariamente da cintura para cima, para a eventualidade de uma videochamada. Mas cuidado… a qualquer momento pode levantar-te e o teu segredo é descoberto. Tenta vestir-te como num dia normal para estabelecer rotinas.

Dormir até tarde (ou acordar muito cedo)

O ideal será manter as mesmas rotinas, aproveitando o momento para descansar. Toda a situação será temporária.

Viver agarrado ao telemóvel

O tempo de utilização do smartphone deve ter certamente multiplicado e isso é motivo de preocupação. A solução passará por deixá-lo em algum sítio da casa algumas horas por dia – os olhos e a cabeça agradecem.

Deixar contaminar-te por excesso de informação

Somos continuamente bombardeados por notícias, muitas das quais de origem duvidosa. Telemóveis, televisão, redes sociais…O alarmismo não é aconselhável para situações como a que estamos a viver. Não te exponha de mais a este tipo de notícias e confia nas informações oficiais.

Ficar obecado com a limpeza

A casa nunca esteve tão limpa. Mas não é por isso que deverás ficar louco com esse tópico. O ideal, como sempre, é olhar e fazer as coisas na medida certa.

Plantas para que te quero

As plantas estão mais felizes do que nunca, porque estão a receber toda a atenção. Mas não exager, a água a mais pode acabar com elas.

“Picar” entre refeições

Sabe do que falamos, certo? Frutos secos, chocolates, iogurtes… o melhor é parar.

Este conteúdo é uma reprodução do Idealista News.“10 maus hábitos em casa que afetam o bem-estar mental e físico”. Pode visualizar o artigo na sua integra através do seguinte link: https://www.idealista.pt/news/decoracao/conselhos/2020/03/27/42877-10-maus-habitos-que-deves-afastar-a-bem-do-teu-equilibrio-mental-e-fisico


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code