10 Dicas para ter uma cozinha sustentável

Quer apostar como ter uma cozinha sustentável é bem mais fácil do que aquilo que pensa? Verá como bastam pequenas mudanças e ir introduzindo aos poucos novos acessórios para obter uma cozinha mais sustentável e amiga do ambiente. Ora veja como!

1. Cantinho da reciclagem

Para a sustentabilidade do ambiente, reutilizar e reciclar é essencial. Nesse sentido, crie o cantinho da reciclagem na cozinha, para separar o plástico, o papel e o vidro do lixo comum. 

E se tem a sorte de ter espaço extra, por que não investir também num cantinho para a compostagem e tratamento dos resíduos orgânicos?

2. Eletrodomésticos classe A

Da próxima vez que for substituir algum eletrodoméstico da cozinha, não se limite a olhar para o preço ou ao lado estético. Foque-se na funcionalidade e na eficiência energética do eletrodoméstico na hora de fazer a compra final. Nesse sentido, saiba que quanto mais alta a classe, menor o gasto de energia – logo: mais barata a conta no final do mês!

3. Programas ecológicos

Além disso, sempre que possível opte por usar os programas ecológicos máquina de lavar (seja da roupa ou da louça), de modo a gastar menos!

Além disso, há ainda pequenas acções que pode fazer e que contribuirão para a sustentabilidade da cozinha, como evitar abrir demasiadas vezes o frigorifico, descongelá-lo (assim como à arca) com frequência, limpar as borrachas dos eletrodomésticos para evitar perdas, etc.

4. Poupar na eletricidade

Além de optar por comprar eletrodomésticos de baixo consumo, conseguir uma cozinha sustentável passa também por uma poupança significativa na eletricidade. Para isso, opte antes por lâmpadas fluorescentes ou iluminação LED. Outra dica sustentável que lhe damos será adaptar o nível da luz à divisão – os seus olhos agradecem! Outra dica será optar por itens recarregáveis, como as pilhas por exemplo.

Ah, claro, sempre que possível tirar o máximo proveito da luz solar, preferindo sempre a luz natural à elétrica.

5. Energia verde

Confirme também com o seu provedor de eletricidade os pacotes e ofertas de energia sustentável que este disponibiliza e veja como se podem adaptar á sua casa e estilo de vida. Hoje em dia, desde os horários ecológicos, ao gás natural ou às ofertas de eletricidade verde, encontrará várias opções amigas do ambiente e também da carteira!

6. A torneira da cozinha

A par da eletricidade, medidas para um consumo moderado e sem desperdício de água são também essenciais para quem quer uma cozinha sustentável.

Nesse sentido, certifique-se de que a torneira da cozinha não pinga, nem que há problemas com a canalização que possam originar, por exemplo, perdas de água. Na dúvida, faça uma inspeção recorrendo a um canalizador ou a um profissional de pichelaria. A par disto, pode optar por instalar uma torneira que modere o gasto de água, evitando fluxos excessivos.

7. Eliminar o plástico da cozinha aos poucos

Eliminar o plástico da cozinha também deverá fazer parte da sua lista. Aos poucos vá investindo em itens de vidro, de bambu ou madeira, entre outros materiais, em vez do clássico plástico. Embora possam ser mais caros, pense que está a fazer um investimento a longo prazo, pois são também mais duradouros e menos nocivos para a saúde.

8. Criar a sua horta

Umas sementes, um vaso e terra e um pouco de água e verá como é gratificante – e mais saudável – ver a sua própria horta crescer! Além disso, de certeza que as suas refeições lhe vão saber ainda melhor.

E se acha que a jardinagem não é para si, comece por produtos fáceis de plantar e cuidar, como o alho, as batatas, as alfaces ou os coentros. 

9. Remodelação da cozinha

Com vontade de investir numa remodelação de cozinha para obter uma cozinha sustentável de sonho? Então, comece pelo básico escolhendo materiais reutilizáveis e mais amigos do ambiente, como a madeira (ótimo para o chão ou para os armários), o ecovative (um excelente isolante), o bambú (perfeito para bancadas ou para o chão da cozinha), etc.

Além disso, uma renovação completa da cozinha é o momento ideal para investir num modelo de iluminação energético mais eficiente, que lhe permita desfrutar ao máximo da luz natural e do posicionamento da sua cozinha.

10. Sempre que possível: reaproveitar

Recorde-se também que sustentabilidade significa também reutilizar e reciclar. Ou seja, em vez de comprar mais – e novo – dê vida a novas peças, pintando e restaurando sempre que possível!

Este conteúdo é uma reprodução do Habitíssimo.“10 Dicas para ter uma cozinha sustentável”. Pode visualizar o artigo na sua integra através do seguinte link: https://projetos.habitissimo.pt/projeto/10-dicas-para-ter-uma-cozinha-sustentavel


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code