10 ambientes integrados e incríveis que precisa ver.

Os ambientes integrados (ou open space, como também são conhecidos) têm sido uma tendência muito marcante nas casas. Se está a pensar criar um em sua casa, ou se apenas quer dar mais vida ao open space que já tem, deixamos-lhe aqui algumas ideias:

Deite abaixo a parede

Criar um ambiente integrado pode ser tão simples como deitar uma parede abaixo. No entanto, existem certas coisas a ter em conta. Para começar, deverá ter a certeza de que a parede que deve ir abaixo não é uma parede estrutural. O melhor será chamar um profissional para avaliar a sua situação, já que este será capaz de lhe dizer se o que tem em mente pode ser feito ou não, e quais as alternativas que existem.

Prolongue a mobília

Uma excelente forma de dar vida a ambientes integrados é aproveitando o espaço de uma parede e criando um nível multiusos que pode ser usado nos diferentes espaços dentro da mesma divisão. Pode ser um banco que sirva como arrumação e móvel de TV, ou uma secretária que atue também como estante divisória. A imaginação é verdadeiramente o limite neste caso!

Use tapetes

Os tapetes são uma forma simples e muito em conta de delimitar diferentes espaços dentro de uma divisão. Escolha tapetes de dimensões um pouco maiores e com cores e padrões diferentes entre si, mas que se harmonizem. Assim, consegue separar visualmente os espaços sem que, no entanto, estes choquem demasiado e criem uma decoração pouco harmoniosa.

O poder da iluminação

O uso de candeeiros e iluminação pontual é uma boa forma de dar vida a cada ambiente, sem que estes choquem demasiado e sem que se quebre a harmonia visual. Pode colocar um candeeiro suspenso por cima da mesa de jantar para dar mais vida a esta parte do espaço, por exemplo, e manter a iluminação de teto simples nos outros ambientes. Regra geral, a iluminação de destaque funciona muito nem nas ilhas de cozinha e mesas de jantar.

Separe com uma ilha de cozinha

As ilhas de cozinha são uma grande tendência, já que são versáteis e permitem que ganhe mais espaço de arrumação na sua cozinha. Mas também podem (e devem) ser usadas como uma forma de separar open spaces, já que ajudam a delimitar muito bem a área de cozinha e a separa visualmente das restantes sem cortar demasiado o espaço e prejudicar a decoração.

Use uma estante

As estantes são uma boa forma de separar ambientes de forma funcional, já que não só delimitam o espaço visualmente como também fornecem um espaço de arrumação extra. Decore a estante com alguns objetos decorativos e livros, mas sem a encher demasiado, para que se consiga manter uma linha de visão para o outro espaço e assim manter a harmonia.

Tetos de diferentes alturas

Se quer delimitar ambientes, mas não quer algo demasiado pesado visualmente, a aposta em tetos de diferentes alturas é muito acertada. Pode usar um teto mais baixo na zona de estar, que ser quer mais confortável, e manter o teto mais alto na zona de refeições, por exemplo. A instalação do teto falso deverá ser feita preferencialmente por um profissional, para melhores resultados.

Madeira como separador visual

Uma parede em madeira é uma grande tendência na decoração de interiores, já que este material traz mais calidez ao espaço. Aproveite a tendência para separar ambientes na sua casa, colocando madeira numa parede ou divisão de destaque. Não só vai separar visualmente os diferentes ambientes, como também terá um complemento incrível na sua decoração!

Parede pequena

Mesmo num espaço pequeno, é possível delimitar os diferentes pontos. O uso de uma parede pequena que serve como divisória é muito comum, podendo essa parede ter também a função de móvel de televisão e de estante. A estante deverá ser preferencialmente aberta, para uma maior leveza e integração entre os diferentes espaços.

Uma cortina pode fazer a diferença

Uma simples cortina pode ser a solução para dar mais privacidade ao seu open space, permitindo-lhe ao mesmo tempo tirar o máximo de proveito do espaço. Durante o dia, pode deixar as cortinas para trás, correndo-as apenas quando precisar de ir dormir. Assim, nunca se quebra a harmonia na decoração e mantém-se a funcionalidade nos espaços.

Este conteúdo é uma reprodução do Habitissimo.“10 ambientes integrados e incríveis que precisa ver″. Pode visualizar o artigo na sua integra através do seguinte link:

https://projetos.habitissimo.pt/projeto/10-ambientes-integrados-e-incriveis-que-precisa-ver?utm_source=newsletter-Part&utm_medium=email&utm_campaign=Habitissimo-Particulares-PT-02-MAR-2021&utm_content=pi


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code